Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Como Ligar-se

Para solicitar uma ligação de água a um imóvel, é necessária a realização prévia de uma vistoria técnica que indicará a viabilidade da ligação. A vistoria pode ser solicitada pelo número Call Center através do número 0800 646 6444 ou diretamente no escritório da CORSAN da cidade onde está localizado o imóvel.

A vistoria é realizada em até 10 dias a partir da data de solicitação, e não é necessário haver alguém no imóvel no momento da sua realização. Após a vistoria, existindo viabilidade técnica para a ligação, o proprietário do imóvel (ou pessoa autorizada através de procuração com firma reconhecida) deverá comparecer no escritório da CORSAN da cidade onde está localizado o imóvel, no prazo máximo de 30 dias, para a apresentação da seguinte documentação:

Documentos necessários para pessoa física e jurídica:

- Cópia autenticada da matrícula do imóvel, emitida pelo cartório de registro de imóveis, e a atualização do cadastro imobiliário e/ou termo de transferência do IPTU, declaração na qual deve constar o número e o nome da rua em que o imóvel se encontra (documento obtido junto à prefeitura).

OU

- Cópia autenticada da escritura pública de compra e venda do imóvel (obtida no cartório de registro de imóveis correspondente à localização do imóvel), e a atualização do cadastro imobiliário e/ou termo de transferência do IPTU, declaração na qual deve constar o número e o nome da rua em que o imóvel se encontra (documento obtido junto à prefeitura).

OU

- Cópia autenticada do contrato de compra e venda do imóvel, com firma reconhecida dos contratantes, e uma certidão do cartório de registro de imóveis, na qual deve constar a comprovação da titularidade do promitente vendedor ou dos vendedores anteriores (obtida no cartório de registro de imóveis onde foi feita a autenticidade do contrato entre as partes).

Para caso de ligação em terreno cedido por órgão público:

- Autorização, em papel timbrado, fornecida por órgão público, comprovando a respectiva cedência do imóvel. 

Em caso de óbito do proprietário:

- O herdeiro inventariante poderá fazer a solicitação através de assinatura de termo de posse mansa e pacífica, apresentando atestado de óbito original (ou cópia autenticada). Informe-se no escritório local da CORSAN. 

Em caso de usucapião ou área pendente de regularização:

- O solicitante poderá fazer o pedido através de assinatura do termo de posse mansa e pacífica, desde que apresentados documentos emitidos pelos órgãos competentes. Informe-se no escritório local da CORSAN. 

E ainda (para Pessoa Física ou Pessoa Jurídica):

- Cópia do RG e CPF do proprietário (pessoa física) ou cópia do CNPJ e do contrato social registrado na Junta Comercial (pessoa jurídica);

- Autorização para abertura de vala (fornecida pela prefeitura – exceto em Canoas, onde a prefeitura remete a autorização diretamente para a CORSAN).

- Declaração da Secretaria Municipal competente de que a área não se trata de parcelamento de solo.

Há ainda algumas condições para viabilizar a efetivação do processo de ligação:

- CPF ou CNPJ do proprietário não pode estar suspenso ou cancelado;

- O requerente da nova ligação não pode ter débitos com a CORSAN vinculados ao seu CPF;

- A numeração do imóvel deve estar afixada e visível no terreno;

- O imóvel deve ter caixa de correspondência (de acordo com o art. 4º da PORTARIA nº 311 do Ministério das Comunicações);

A execução dessa solicitação fica condicionada à viabilidade técnica da ligação, bem como ao pagamento – à vista ou parcelado – da tarifa de ligação. O resultado da vistoria pode ser verificado pelo telefone 0800 646 6444.

CORSAN