Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Companhia apresenta políticas sociais em evento da área de habitação

Publicação:

Palestra no Fórum de Habitação
Palestra no Fórum de Habitação

O diretor-presidente da Corsan, Flávio Ferreira Presser, palestrou no Fórum de Habitação do Rio Grande do Sul, nesta terça-feira (4). Na ocasião, o dirigente abordou as políticas da Companhia relacionadas à regularização de ligações e às moradias sociais. O evento foi realizado no Hotel Sheraton, em Porto Alegre, e reuniu representantes da área de habitação de diversas Prefeituras do Estado.

Presser destacou que a configuração urbana dos municípios reflete-se no saneamento. Resaltou que, de acordo com o Censo de 2010, cerca de 165 mil famílias não contavam com moradias em condições mínimas de habitação no Estado, inclusive sem infraestrutura para abastecimento. “Calcula-se que correspondam a 32,5 mil ligações irregulares, o que representa 8% da população abastecida pela Companhia, 2% do volume faturado de água e um consumo projetado de 3,2 milhões m³/mês. Há uma relação direta entre as ligações irregulares e as perdas de água”.

Ao falar sobre as ações da Companhia para qualificar os serviços prestados, Presser elencou as quatro prioridades da Corsan no abastecimento de água para habitações sociais: “Nossos objetivos principais são garantir a suficiência e a qualidade da água, reduzir a intermitência no fornecimento, reduzir perdas e combater o excesso de consumo”. Informou também que a empresa está realizando um programa de regularização das ligações de água, com investimento projetado de R$ 69 milhões. A meta é regularizar 25 mil ligações até o fim de 2019. O dirigente detalhou as etapas do projeto, que incluem a execução de um trabalho técnico-social para a conscientização das comunidades.

O presidente explanou ainda sobre as políticas da Companhia para novas construções e para moradias sociais, salientando que atualmente a Corsan atende mais de 44 mil economias com tarifa social. Ao fim da palestra, Presser respondeu perguntas e esclareceu dúvidas do público presente.

CORSAN