Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Companhia inaugura Estação de Tratamento de Esgoto de Cotiporã

Publicação:

Inauguração da ETE de Cotiporã
Inauguração da ETE de Cotiporã

Nesta sexta-feira (12), dia em que Cotiporã completou 35 anos, a Corsan inaugurou a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da cidade. Com investimento de R$ 1,32 milhão, a ETE recebeu adequações com vistas ao recebimento da estrutura pela Companhia. Com sistema tipo separador absoluto, também foram executados 3.538 metros de rede coletora, 270 metros de rede para ramais prediais e instalação de caixas de calçada que atendem 119 economias.

A estação tem capacidade de tratar 7,3 litros por segundo, podendo atender cerca de 60% da população. O investimento principal na ETE e nas redes coletoras foi executado pela Prefeitura, com recursos da Funasa e da Caixa Econômica Federal. As obras iniciaram em 2003, com a implantação do primeiro trecho de rede coletora. Em 2007, o município foi incluído no programa Saneamento para Todos, do Ministério das Cidades, para a execução das obras, cuja primeira etapa contemplou a construção da ETE.

No ato de inauguração, também foi assinado o termo de entrega definitiva para a Corsan, para que a empresa possa operar o sistema. O secretário estadual de Obras, Saneamento e Habitação, Fabiano Pereira, destacou a importância dos investimentos da Corsan: “Após universalizar a água potável para todos os gaúchos, a Companhia tem um grande desafio na área do esgoto sanitário. A Corsan tem trabalhado firme, com recursos próprios e buscando investimentos, para proporcionar mais saúde e qualidade de vida à população. E também está, por meio de parcerias público-privadas, construindo as condições de aumentar a prestação desse serviço”.

O diretor-presidente da Companhia, Flávio Ferreira Presser, frisou que Cotiporã se salienta entre os menores municípios, por já ter um equipamento desse porte. “A estação tem condições de tratar também os resíduos de fossas sépticas, o que é reconhecido como um sistema adequado de tratamento. Com isso, a cidade pode ser uma das primeiras do Rio Grande do Sul a ter o serviço de esgotamento universalizado. E essa estrutura pode servir para atender as cidades da região. Não estamos inaugurando uma obra, mas uma prestação de serviço que tem alta relevância para a sociedade, porque preserva a saúde pública e o meio ambiente”.

Para o prefeito José Carlos Breda, a entrega da obra foi um presente de aniversário à cidade. “Trata-se de um investimento que vai fazer toda a diferença para a nossa comunidade. O grande desafio dos municípios é o tratamento de esgoto, pelo volume de investimento necessário e pela complexidade das obras. Temos um longo caminho pela frente, de conscientização, de dar importância àquilo que vai fazer a diferença na vida das pessoas. Uma grande obra é aquela que resolve grandes problemas. E essa é uma obra pioneira na região e uma referência para outros municípios”.

Também estiveram presentes o vice-prefeito, Ivaldo Wearich, secretários municipais, vereadores, o presidente da Câmara Municipal, Ivelton Mateus Zardo, presidentes de entidades municipais, ex-prefeitos e ex-vice-prefeitos da cidade. Pela Corsan, o diretor Administrativo, Marcus Vinícius Vieira de Almeida, o superintendente da Regional Nordeste, Felipe Agostinho Caimi; a superintendente regional adjunta, Fernanda Santos Pescador, e o chefe da unidade polo de Veranópolis, à qual Cotiporã é vinculada, Valdemir Cremonini.

Inauguração da ETE de Cotiporã
Inauguração da ETE de Cotiporã
CORSAN