Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Obras da Companhia reforçam e qualificam abastecimento de água de Cachoeirinha e Gravataí

Publicação:

Companhia avança no ranking Valor 1000
Companhia avança no ranking Valor 1000

A Corsan está executando diversas ações para aumentar a segurança do abastecimento no sistema integrado de Gravataí e Cachoeirinha. As medidas buscam manter em operação contínua os sistemas de tratamento e bombeamento, diminuindo a possibilidade de interrupções e de desequilíbrio na disponibilidade de água tratada nas redes de distribuição.

Um dos principais investimentos é a modernização da Estação de Bombeamento de Água Tratada 4 (EBAT-4). No valor de R$ 2,36 milhões, as melhorias incluem a substituição de quatro grupos motobomba (GMBs) por novos com maior potência, além da instalação de quadros de comando com conversores e a substituição das canalizações de sucção e recalque. Nesta semana, foi substituído o primeiro GMB.

A EBAT-4 é a maior elevatória de água tratada do sistema integrado das duas cidades e, com as obras, terá sua vazão ampliada para 780 litros por segundo. Os serviços foram divididos em fases para reduzir o tempo de parada do abastecimento e estão sendo executados durante a madrugada para minimizar os impactos à população, uma vez que exigem a parada do sistema e a consequente interrupção do abastecimento para sua realização.

As ações da Companhia incluem ainda a instalação de gerador de energia elétrica para a estação de bombeamento que aduz água bruta de Canoas para a estação de tratamento de Cachoeirinha; a execução de nova adutora de água tratada a partir da EBAT-4, com 4 mil metros de extensão; a implantação de novo trecho de adutora de água bruta em Cachoeirinha, possibilitando o acréscimo na adução em caso de parada ou diminuição de vazão; a instalação de quatro novos reservatórios em Gravataí; e a substituição de 650 metros de redes na rua João Maria da Fonseca, em Gravataí, num investimento de R$ 75 mil.

Além disso, uma série de providências complementares reforça a qualificação dos serviços, tais como o monitoramento dos sistemas pelo Centro de Controle Operacional durante as 24 horas do dia; pesquisa e detecção de vazamentos não visíveis; e a admissão de novos funcionários para as áreas operacional e de manutenção.

CORSAN