Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Projeto de educação ambiental patrocinado pela Compahia beneficia mais de 3,3 mil alunos

Publicação:

Projeto de educação ambiental na Quinta da Estância
Projeto de educação ambiental na Quinta da Estância

Um projeto de conscientização ambiental patrocinado pela Corsan beneficiou mais de 3,3 mil estudantes da rede estadual na Semana do Meio Ambiente. Os alunos do 7º ano de 68 escolas participaram, desde o dia 2 de junho, de oficinas e atividades de boas práticas sobre o ciclo da água e a preservação ambiental. A iniciativa foi viabilizada por uma parceria entre a Companhia, a Secretaria Estadual de Educação e a fazenda Quinta da Estância, onde as ações ocorreram.

Cerca de 90 monitores orientaram as atividades, que buscaram criar nos estudantes um perfil mais responsável e preocupado com a sustentabilidade ambiental. Ao fim de cada visita, todos os alunos participantes receberam certificados de embaixadores do saneamento. Com isso, a partir do aprendizado adquirido, se tornam multiplicadores do conhecimento nos municípios de Alvorada, Viamão, Cachoeirinha, Gravataí, Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, Guaíba e Eldorado do Sul. A Corsan está desenvolvendo um programa de parceria público-privada para a universalização do esgotamento sanitário nesse conjunto de cidades.

A diretora da Escola Estadual Guanabara, de Canoas, Isabel Weinberg, manifestou satisfação com o projeto. “Nossos alunos se mostraram bastante receptivos e acharam o passeio muito proveitoso e interessante. Esse tipo de atividade foi extremamente importante. Usaremos em nossa feira multidisciplinar as informações recebidas, na forma de trabalhos sobre a água e o meio ambiente”.

A professora Dilvane de Oliveira Acosta, da Escola Estadual Nossa Senhora do Livramento, de Guaíba, também avaliou as atividades de maneira positiva: “Gostaria de parabenizar toda a organização e a receptividade da equipe da Quinta da Estância. Tanto os estudantes como nós, professores, adoramos as atividades desenvolvidas com eles”.

Vivenciando o meio ambiente

De acordo com o diretor de Relacionamento com Mercado da Quinta da Estância, Rafael Sittoni Goelzer, a experiência representou um marco na educação ambiental do Rio Grande do Sul. “O projeto teve uma grande aceitação pelos estudantes e professores, pois engajou as crianças ao lhes permitir vivenciar na prática o que aprendem na sala de aula, empoderando os alunos como disseminadores desses conteúdos, o que vai impactar na formação de milhares de pessoas da Região Metropolitana”.

Para a fundadora da fazenda, Sônia Sittoni Goelzer, a realização do projeto comprovou que a construção de um Estado mais sustentável se faz com a união de esforços entre sociedade, empresas e poder público. “Os jovens que participaram dessa iniciativa estão prontos para disseminar os conhecimentos adquiridos na Quinta da Estância por meio de vivências práticas, ajudando a transformar o Estado em que vivemos”.

O projeto da Semana do Meio Ambiente contou com o certificado de Evento Livre de Emissão de Carbono. Fundada em 1992, a Quinta da Estância é a maior fazenda de turismo rural pedagógico e de eventos do Brasil. Com área de 103 hectares, dispõe de infraestrutura completa para a realização de mais de 80 opções de atividades pedagógicas, ecológicas, de lazer e dinâmicas vivenciais.

A parceria para a realização do projeto foi firmada no último dia 2, no Palácio Piratini, com a presença do governador José Ivo Sartori. Na segunda-feira (5), o vice-governador José Paulo Cairoli, na condição de governador em exercício, visitou a Quinta da Estância em evento que celebrou o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Projeto de educação ambiental na Quinta da Estância
Projeto de educação ambiental na Quinta da Estância
CORSAN