Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

SITEL

SISTEMA INTEGRADO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES LÍQUIDOS DO POLO PETROQUÍMICO

Licenciado pela FEPAM para tratar até 30.000 m³/dia, este sistema é constituído por duas correntes: a orgânica exige um tratamento mais complexo, através de processos físico-químicos e biológicos (Lodos ativados / aeração prolongada). A inorgânica é uma corrente mais limpa e necessita apenas de um polimento final. As duas correntes após tratamento são unidas e encaminhadas para a disposição final no solo. O lodo gerado também é disposto no solo.

Tratamento
Tratamento

                     

Controle Laboratorial

Moderna instrumentação acompanha todo o tratamento realizado pela SITEL. Informações contínuas sobre todos os parâmetros importantes do processo são enviadas à sala de comando. O sistema também realiza o controle de qualidade de efluentes das indústrias, nas diversas etapas do tratamento e dos cursos d’água da região. Para garantir a eficiência na redução de cargas poluidoras e o controle do impacto do efluente final, o laboratório está capacitado a realizar análises físico-químicas (via úmida e instrumental), acompanhamento microbiológico e testes de ecotoxicidade. O laboratório é credenciado pela FEPAM para realização de análises físico-químicas e biológicas em efluentes industriais do Rio Grande do Sul e está em processo de reconhecimento da norma ISO/IEC 17025 junto à Rede Metrológica/RS.

Monitoramento – Rede de Piezômetros

O programa de monitoramento visa atender ao controle operacional do sistema através de coletas de amostras de efluentes e/ou resíduos e o controle ambiental, utilizando-se para tal uma rede de piezômetros distribuída na área.


Atendimento Online
CORSAN