Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Diretor da Corsan vistoria obras de grande porte em Canela e Gramado

Publicação:

ETE Santa Terezinha
ETE Santa Terezinha

O diretor de Expansão da Corsan, Julio Hofer, vistoriou, nesta terça-feira (10), obras que vão gerar melhorias significativas no sistema integrado de água e esgoto de Canela e Gramado. O andamento dos trabalhos está dentro do cronograma previsto e integra o plano de ação da Companhia para a região das Hortênsias, que totaliza R$ 240 milhões.

Na área do esgotamento sanitário, ocorreu visita técnica à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Santa Terezinha, em Canela. Contando com tecnologia de ponta, as novas instalações estão em fase final de testes e vão duplicar a capacidade de tratamento da antiga ETE instalada no local, podendo tratar até 90 litros por segundo. No valor de R$ 24,5 milhões, consiste em dois módulos de estação pré-fabricada.

Conforme o diretor Hofer, o empreendimento marca uma nova realidade no tratamento de esgoto de Canela. “Trata-se de uma solução histórica, por meio uma obra de muita qualidade, que representa investimento em tecnologia, modernização e eficiência operacional. É a Corsan cumprindo com seus compromissos ambientais e de atendimento à população. Temos orgulho em liderar esta equipe”, salientou.

No abastecimento de água, ainda em Canela, foram visitadas as obras em andamento na Estação de Tratamento de Água (ETA) 2, que vão aumentar o volume e a qualidade da água distribuída em Canela e Gramado. Com investimento aproximado de R$ 12 milhões, as melhorias compreendem novo reservatório de aço vitrificado com capacidade de 3 milhões de litros, modernização e ampliação da subestação de energia elétrica, tratamento do lodo resultante dos processos da ETA e instalação de sistema modular de laminados flexíveis para decantação. O conjunto das obras estará funcional ainda este ano e deve ser finalizado no primeiro semestre de 2021.  

A equipe da Corsan também visitou um almoxarifado, no bairro Saiqui, em Gramado, onde estão estocados tubos para a implantação de uma adutora de água bruta. Iniciada no mês passado, a obra está em fase de sondagens e testes de solo e integra um empreendimento de R$ 25 milhões, que inclui também adequação e ampliação da elevatória de água bruta e do bloco hidráulico da ETA 2. Foram visitados ainda poços localizados nos bairros Dutra e Moura, em Gramado, os quais terão a capacidade de captar 9 mil e 35 mil litros de água por hora, respectivamente, e se somam a outros poços que a Companhia está perfurando em Canela e Gramado Acompanharam a agenda o gestor da Unidade de Saneamento Especial (USE) Hortênsias, Lutero Fracasso, funcionários da Corsan e representantes da imprensa local.

Atendimento Online
CORSAN