Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Parceira da Corsan troca mais de 35 mil hidrômetros na Região Metropolitana

Publicação:

Imóveis cujo equipamento não for substituído poderão ter abastecimento suspenso

Parceira da Corsan troca mais de 35 mil hidrômetros na Região Metropolitana
Parceira da Corsan troca mais de 35 mil hidrômetros na Região Metropolitana

A Ambiental Metrosul, empresa que executa a Parceria Público-Privada (PPP) da Corsan na Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA), está mobilizando suas equipes para substituir mais de 35 mil hidrômetros nos nove municípios atendidos pela PPP. A troca é necessária nos imóveis cujos aparelhos estão com a validade de cinco anos vencida ou prestes a vencer. O serviço é realizado gratuitamente. Os clientes que permanecerem com o equipamento vencido serão notificados pela Companhia e, mesmo estando adimplentes, poderão ter o abastecimento de água suspenso.

A recomendação de que a troca seja feita a cada cinco anos, tempo de vida útil do equipamento, é do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro, órgão certificador. A possibilidade de suspensão do abastecimento para quem permaneça com o aparelho vencido está prevista em resoluções das agências reguladoras. A suspensão será realizada após notificação do usuário e a constatação da impossibilidade de leitura do hidrômetro por dois ciclos de leitura consecutivos.

Ao todo, 35,6 mil hidrômetros devem ser substituídos até o dia 5 de maio. A troca possibilita o correto funcionamento, dando mais confiabilidade ao processo de leitura. Para saber mais informações e esclarecer dúvidas, devem ser contatados os canais de relacionamento da Corsan – telefone 0800.646.6444, app e site corsan.com.br

Conforme determina o contrato firmado junto à PPP, a Ambiental Metrosul está substituindo os aparelhos avariados, com validade vencida ou próxima de expirar. Cerca de 160 mil hidrômetros já foram trocados desde que a empresa assumiu a operação na RMPA, em dezembro de 2020.

Saiba mais

Por que trocar o hidrômetro?

Os medidores registram o consumo de água nas residências e, com o tempo, sofrem um desgaste natural que compromete o seu funcionamento. A recomendação do Inmetro é de que a troca seja feita a cada cinco anos, tempo de vida útil do equipamento. Assim, garante-se maior precisão nos registros do volume de água que é consumido pelos usuários abastecidos pela Corsan.

A substituição tem custo?

Não. É realizada gratuitamente.

Como posso identificar os profissionais que farão o serviço?

Para garantir a segurança e a transparência dos trabalhos, o cliente deve cobrar as credenciais das equipes, bem como o número do protocolo para a execução do serviço.

O que acontece com quem não trocar o equipamento?

Conforme resoluções das agências reguladoras Agesan (nº 003/2021) e da Agergs (nº 467/2018), a Corsan tem direito de suspender o abastecimento de água para quem permaneça com o aparelho vencido. A suspensão ocorrerá após notificação do usuário e a constatação da impossibilidade de leitura do hidrômetro por dois ciclos de leitura consecutivos.

O que muda para o cliente?

A substituição do hidrômetro garante uma medição mais confiável do consumo de água.

Canais de Relacionamento

Call Center 24 horas

0800 646 6444

Fale Conosco

Redes Sociais

Redes sociais

App Corsan

Disponível no Google Play Baixar na App Store

Tudo Fácil

Temporariamente sem atendimento.

Atendimento Online
CORSAN